06 junho 2014

botou o disco do lado errado deu nisso


ajeita o vestido
tá curto
olha ao redor
ninguém fuma
isqueiro
isqueiro

vai no boteco em frente
que cor?
a mulher pergunta
preto
R$3,50
bic

a capa do disco tem um homem fantasiado
e um anão
mas a trilha é outra
aquela
toda errada
ela

andou pela cidade
ouvindo mil vezes
a mesma

ajeita a saia
puta burrice andar de bicicleta e saia

saí
da bolha
do caos
do submundo
dos tubarões
das marajogatas
do calor eterno
da estrada
dos planos
da viagem
de ir ou ficar
no ivspisahlaarsdama

queimou tudo
a porra toda
fotos
poemas
discos
queimou tudo
a porra toda

em prol do sossego
do não-você
da ausência presente

orgulho
taí um sentimento imundo

falta de amor-próprio
taí a maior burrice humana

será
que já
parou
pra pensar
será

o taximental roda a cidade com o taxímetro desligado
já que o mundo parou tá sussa
nem vou pagar
nem vou pagar esse táxi
mas vou pegar
outro táxi
ir pra outra cidade
de táxi
ir pra europa
de táxi
foda-se a europa

vender sabonete
em cuba
vender fandangos
em afuá
vender o veneno do sapo
pro mundo todo
aí geral vai ficar bem lôca
quem sabe assim as pessoas não param de se matar
quem sabe assim as pessoas não criam coragem
culhão
de fazer o que quer
e gosta
poesia
rima
o caralho a quatro
fazer o que quer
fugir
construir asas
tipo o pai do ícaro
e depois
derreter a cera
a estrutura das asas 
o táxi roda
e roda
vai até a casa do caralho e volta
pra casa
o táxi sempre volta
pra casa

o coração é tipo uma garagem
abriga coisa importante
e abriga tralhas
várias delas
umas que você esquece
e lembra depois
outras que não servem pra nada
e você doa
ou bota no lixo

o taximental volta pra casa mas não volta pra garagem
o taximental quer fazer mestrado e dar aulas
o taximental quer ter um pássaro mas odeia gaiolas
o taximental quer aprender a fazer bolovo
o taximental quer conhecer o japão
o taximental quer festa de formatura
quer aprender a jogar bola e fazer pão
bolinho de chuva
cheirar cola
quer ser mendigo por um dia
se candidatar a vereador
quer ser uma urna eletrônica
quer conhecer a vegetal
e casar com ela
viu rodrigo
é bom mesmo que a tua personagem crie vida
porque o taximental já comprou as alianças
escolheu a música
e os músicos
todos estarão de gravata borboleta
a única comida será croquete
cocrete
e a bebida, tuchaua
o guaraná da nossa terra
diz a embalagem
mas nada de bolo
ou bem-casado
que aí já é muita palhaçada

o taximental é hermafrodita mas gosta de se fazer de machão
e coçar o saco a cada dois minutos e quarenta e quatro segundos

o taximental matou dois coelhos
com uma cajadada só

e agora nas festas juninas
aquela merda de brincadeira dos coelhos
eu tenho essa memória
quando estudava no santa amélia
tinha uma brincadeira do coelho
umas casinhas
e você tinha que saber pra qual casinha iria o coelho
se acertasse, ganhava um prêmio
não tem como saber qual casa o coelho irá escolher
só sendo o cérebro do coelho

o taximental foi na festa junina e quebrou tudo
a porra toda
jogou a panela de vinho quente no chão
botou fogo nos algodão-doce tudo
a criançada começou a chorar
um mano enorme chegou no taximental
e partiu pra porrada
grudou no pescoço
e o taximental tava nem aí 
o bolander colado tipo carrapato
e o taximental rasgava as bandeirinhas
mandava todo mundo ir tomar no cu
jogou pipoca no chão
estourou todos os balões de gás hélio
eita como a molecada chorava

taximental
você
é 
atroz
você
é
um homem
mal

agora sinto raiva de você
porque você acabou com a festa junina da galera
então vou escrever o teu nome errado
teu merda

o tamixental voltou pra casa
mas a casa não tinha garagem
dormiu no sereno
de boa
sem nenhum peso na consciência
ficou pensando no menor slam do mundo
e quis fazer slams político-sociais
vou ganhar essa porra
pensou
arrogantasso

o maxitemal ficou duas semanas sem cagar
e três dias sem beber nenhum líquido
mas nunca deixou de rezar
toda noite antes de dormir ele reza
reza reza reza
sempre

o tmaentalix ouve a mesma música todo dia
que é pra sofrer
sofrer de amor
ele manda sms pros amigos
e diz
ESTOU SOFRENDO DE AMOR

ninguém nunca responde
e mesmo assim ele continua enviando sms
às vezes liga pro seu broder mais próximo
alô
ESTOU SOFRENDO DE AMOR
e desliga
só queria mesmo propagar esse sofrimento sofrido
que é o amor

o xamneital não está curtindo o fato deu escrever o nome dele errado
mas foda-se
escrevo como quiser essa merda de nome
você destruiu a festa junina da galera
seu otário
por isso eu não te respeito mais
você tem um gosto musical legal? não
seu bronzeado é daora? não
você sabe fazer bolovo? não
então foda-se

acabo de receber um e-mail do taximental
que diz
você está no escuro porque não trocou a lâmpada da luminária
sua otária
ABS











2 comentários:

Paula Macedo disse...

hahaha muito bom

Gabriela Campagnucci disse...

"orgulho
taí um sentimento imundo

falta de amor-próprio
taí a maior burrice humana"

Isso!