17 outubro 2009

caretinha de merda

mas eu, oh!!


jamais

jamais

levantaria um dedo sequer

para dizer-lhe


o quão


caretinha de merda



és.

Um comentário:

Xisto, M. disse...

Caretinha nada. Sou filho de delegado! [/deizócrus]